O Google vai modificar o preço de um de seus serviços que são focados no público corporativo: o G Suite. O pacote, que oferece ferramentas empresariais como correio eletrônico com domínio personalizado e espaço de pomposo por utilizador na nuvem, vai ficar mas dispendioso e o aumento é o primeiro a partir de seu lançamento.



Os novos valores entram em vigor a gretar do dia 2 de juventude, não são exorbitantes e adicionam US$ 1 no projecto mas capital, US$ 2 no intermediário ( por alto R$ 375 e R$ 750,, respectivamente) e são cobrados por cliente que é adicionado ao projecto.

 Hoje em dia (17), de antemão da alteração, os planos são de US$ 5 ( por volta de R$ 19) por cliente e por mês em uma cesta de serviços que inclui mail com domínio próprio, chamadas em conferência, mensagens criptografadas com a equipe, agendas compartilhadas, todo o pacote Google Docs e 30 GB de armazenamento em nuvem.


Existem mas 2 planos, que repetem todos e cada um dos serviços precedentes, adicionando um envolvente de desenvolvimento de aplicativos com poucos códigos e entregam 1 TB de espaço em nuvem por utilizador, custando o duplo do projecto anterior. O terceiro e último gastos US$ 25 ( alguma coisa perto de R$ 94) por cliente e adiciona várias ferramentas para restaurar e -mails e ficheiros do Drive que foram apagados, junto de outros recursos empresariais.

O Google diz que o aumento acontece após uma série de melhorias no G Suite, que foi lançado em 2006, não tinha tanto espaço em nuvem e nem recursos avançados para uso do Hangouts em envolvente corporativo para vídeo e voz.


Os novos preços atingem novos usuários de modo imediata, porém aos que assinam o projecto com pagamento anual, o novo preço simplesmente será cobrado na renovação do contrato com o gigante das buscas.